As viagens de carro são uma das melhores ocasiões para desfrutar de sua música favorita. Portanto, para uma boa experiência, é importante contar com um bom equipamento de som. Felizmente, hoje em dia é muito mais fácil adquirir caixa de som automotivo de grande qualidade por um preço mais em conta.

Entretanto, escolher o sistema de som mais adequado nem sempre é uma tarefa simples, pois, é preciso ter um mínimo de conhecimento técnico. Além disso, é importante que tenha muito claro que tipo de equipamento deseja instalar e quais são tuas expectativas. Então, preparamos esse completo Guia de Compras com a intenção de lhe ajudar a resolver todas essas questões.

O mais importante

  • É possível encontrar caixa de som automotivo de um, dois ou três canais. Nesse último caso, você deve saber que os woofers são utilizados para os graves, os drivers são usados para frequências médias e os tweeters são responsáveis pelas frequências agudas.
  • Se o que te interessa é atingir a máxima qualidade possível, deveria priorizar e dedicar todo seu orçamento para melhorar as caixas de som da parte dianteira do veículo e, logicamente, seu sistema de amplificação, ao invés de investir parte do dinheiro para os alto-falantes traseiros.
  • Para começar a escolher sua caixa de som, é importante ficar atento ao processo de montagem e instalação. No geral, o recomendável é que você opte por um equipamento com um sistema de instalação padrão porque assim você não terá que trocar os conectores.

Ranking: Os melhores modelos de caixa de som automotivo

A seguir, te apresentamos a classificação que elaboramos com as cinco melhores caixas de som automotivos disponíveis atualmente no mercado brasileiro. Utilizamos o critério de democratizar o máximo possível, inserindo os mais variados artigos que encontramos, mas todos sendo materiais de primeira linha e com um ótimo custo-benefício.

1º – Pioneer – TS W3060BR

Nada mais justo do que começarmos com a líder de mercado no Brasil. A Pioneer disponibiliza esse kit de alto-falantes com 12 polegadas, 350 W de potência, 600 W de impedância e 4 ohms, tudo isso com um preço bem razoável.

Além de uma excelente especificidade técnica, a marca investiu em uma suspensão reforçada e conexões de cabo por pressão, a fim de fornecer a maior segurança e durabilidade possível em seu equipamento. A Pioneer também oferece um ótimo serviço de atendimento ao cliente no Brasil.

2º – Hertz – DSK 170

Se você é daqueles que quer apenas repaginar o sistema de som do seu carro sem querer trocar a fonte, esse kit é o ideal. Ele é constituído de dois alto-falantes 2 vias, cada um com seu próprio mid-bass, tweeter e crossovers, fornecendo uma excelente qualidade de som.

Além disso, ele atua dentro da faixa de 50 – 23khz, 160 W de potência de pico e sensibilidade 93dB. O melhor? Ele ainda é compacto e distribui tudo isso em uma área de apenas 6 polegadas.

3º – QVS – Medio Grave Woofer 2

A QVS é uma das marcas mais respeitadas do mercado e que fornece a possibilidade da compra de kits excelentes e separados. Nesse modelo, a fabricante comercializa apenas seus alto-falantes de média frequência, mas isso não quer dizer pouca coisa!

Suportando uma incrível potência musical de 1000 W, impedância de 8 ohms e uma frequência de ressonância de 63,1Hz, esse kit é para aqueles que desejam um sistema de som fora do comum. Toda produzida em alumínio, essa caixa também possui uma robustez espetacular.

4º – JBL 28910970

A JBL é certamente uma das fabricantes de som mais respeitadas do mercado e portanto vem tentando aos poucos também invadir a área do som automotivo. Para isso a marca montou esse kit de alto-falantes triaxiais, potência máxima de 100 W, carcaça de aço e potência RMS de 50 W.

Contando com 6 polegadas, esse alto-falantes são feitos para aqueles que não querem perder espaço no carro, mas que desejam melhorar seu sistema de som. A JBL comercializa esse kit com um processo incrivelmente competitivo.

5º – Pioneer-TS1790BR

Quando se trata de caixas de som automotivo a Pioneer consegue suprir as necessidades para começar e fechar uma lista. Esse kit da marca é todo produzido com um conjunto magnético de neodímio e cone moldado em policarbonato, garantindo um excelente acabamento para esses alto-falantes de 6 polegadas.

Ideal para as frequências agudas e médias, essas caixas têm resposta de frequência de 40 hz a 20.000 hz e potência nominal de 60 W em cada uma. A faixa de preço e as possibilidades de pagamento também são uma atração a parte.

Guia de Compras: O que você deve saber sobre a caixa de som automotivo

Na hora da compra de sua caixa de som automotivo é fundamental que leve em conta uma série de questões importantes. Atualmente, existe uma grande variedade de modelos de alto-falantes para carros, por isso escolher os mais adequados nem sempre é uma tarefa fácil. Portanto, nessa seção nos colocamos para responder as perguntas mais frequentes dos consumidores.

Imagem de pessoa ligando som em carro.

É importante que você instale corretamente sua caixa de som automotivo e que a fonte de alimentação sonora seja adequada para evitar possíveis danos. (Fonte: Asawin Klabma: 73815907 / 123rf.com)

O que exatamente é uma caixa de som automotivo?

As caixas de som são transdutores eletroacústicos, pois, transformam energia elétrica em energia acústica. Desse modo, converte sinais elétrios em ondas sonoras. Nesse caso da caixa de som automotivo, simplesmente trata-se de equipamentos especialmente fabricados para sua instalação em automóveis.

Quais são as vantagens e desvantagens da caixa de som automotivo?

Não há dúvidas que ter caixas de som automotivo de boa qualidade oferece uma série de vantagens. Desse modo, você poderá desfrutar de uma melhor qualidade de som, já que suas músicas favoritas te acompanharão por onde quer que vá.

Porém, também pode implicar em algumas desvantagens, pois, a aquisição de um sistema pode requerer um importante investimento econômico.

Vantagens
  • Te permite desfrutar de uma melhor qualidade de som
  • Existem diferentes tipos de design que se adaptam perfeitamente ao estilo de seu veículo
Desvantagens
  • Alto investimento caso opte por um equipamento de mais alto padrão

Vale a pena comprar uma boa caixa de som automotivo?

Se seu desejo for desfrutar de um som de muito mais qualidade, sem dúvida vale a pena adquirir uma boa caixa de som automotivo. Especialmente para aqueles veículos mais antigos e que ainda possuem sistemas de sons piores. Além disso, geralmente, os alto-falantes que vêm de fábrica quando compramos um veículo novo não são de boa qualidade.

Quais tipos de caixa de som automotivo existem?

Principalmente, se deve considerar dois tipos de caixa de som automotivo: os alto-falantes coaxiais e os que possuem duas vias. O primeiro tipo, normalmente, são os mais famosos no mercado, pois, são equipamentos mais práticos. Os alto-falantes de duas vias, por sua parte, se destacam por oferecer uma qualidade de som excelente.

Alto-falantes coaxiais Alto-falantes de duas vias
Critério de distribuição dos alto-falantes São compostos por um alto-falante principal e vários secundários Cada alto-falante atua praticamente de forma independente
Qualidade de som Oferecem um som muito agradável, mesmo que não cheguem aos níveis de qualidade oferecidos nos equipamentos de duas vias Oferecem um som de maior qualidade e muito mais intenso

É uma boa ideia substituir a fonte da caixa de som automotivo?

Essa questão é bastante complicada, especialmente no momento atual, pois, os equipamentos de multimídia estão muitas vezes integrados com o computador de bordo. No geral, o certo é que as fontes que saem de fábrica não possuem bons níveis de qualidade. Logicamente, existem exceções, como são os casos dos packs de sons patrocinados por certas marcas.

Nesse último caso, demonstra-se que é possível sim que a fonte ofereça uma qualidade de som bastante aceitável. Portanto, o mais normal é que caso queira desfrutar de um sistema de caixa de som automotivo de alta qualidade, você não terá outra alternativa do que trocar a fonte de fábrica ou você escolher instalar alto-falantes mais econômicos.

Dieter ZetschePresidente da Daimler

“No futuro, o veículo permitirá atingir um dos luxos mais importantes do século XXI: o espaço e tempo privados”.

O que significa potência RMS de uma caixa de som automotivo?

No geral, ao falar sobre a potência de alto-falantes há que se diferenciar entre potência máxima de saída musical e a potência nominal ou RMS (Root Mean Square, por sua sigla em inglês). Essa última indica o nível médio de potência máxima que pode suportar um alto-falante antes que comece a se deteriorar ou que se comece a distorcer o som.

A potência de saída musical é a máxima que pode entregar e dissipar um equipamento em condições ideais. Esse valor é calculado em intervalos de tempo de cada 10 milissegundos até o limite que aguenta (até quebrar). Por isso, muitos não consideram esse dado como algo real ou mesmo que aponte alguma informação relevante. Entretanto, infelizmente, muitos fabricantes utilizam esse dado para promover seus itens.

Vale a pena melhorar apenas a parte dianteira do sistema de caixa de som automotivo?

Se o que deseja é desfrutar da máxima qualidade possível, deveria investir todo seu orçamento em melhorar os alto-falantes dianteiros e, logicamente, sua amplificação. Se você não é uma pessoa muito exigente e o que deseja é um pouco mais de potência, então pode optar por melhorar o conjunto de alto-falantes do veículo todo.

Imagem de caixa de som em carro.

Leve em consideração o tamanho original dos alto-falantes do seu carro antes de comprar novos. (Fonte: Cla78: 72267592 / 123rf.com)

Quais cuidados um sistema de caixa de som automotivo exige?

Como qualquer dispositivo eletrônico, as caixas de som automotivo precisam de uma série de cuidados. Para começar, é importante que as instale corretamente e que a fonte de alimentação seja a adequada para que se evite danos. Além disso, é também necessário que você realmente pratique uma série de ações de manutenção, dentre elas, a limpeza frequente.

Você pode limpá-las com um aspirador, sendo ideal aqueles de mão. Para isso, você deve posicionar o aspirador frente a superfície do alto-falante e eliminar todo o pó, que pode acabar interferindo na emissão do som. Assim, com cuidados mínimos, pode conseguir que seu sistema de som tenha uma vida mais prolongada.

Critérios de Compra

Chegado o momento de adquirir caixas de som automotivo, é importante que tenha em mente uma série de critérios de compra. Para lhe ajudar no processo de escolha, selecionamos certos critérios que, ao nosso ver, são os mais importantes. Assim, você terá um guia prático que lhe trará o melhor custo-benefício.

  • Potência
  • Impedância
  • Faixa de frequência
  • Número de canais
  • Montagem e instalação
  • Marca

Potência

A potência, medida em watts, indica a capacidade que um equipamento possui para gerar som. No caso da caixa de som automotivo, a potência se distribui em vários canais. Por isso, é importante olhar bem as especificações do equipamento que pretende comprar e comprovar se a potência indicada se refere a todo o conjunto ou a cada um dos canais.

Uma faixa de potência média pode ser de 30 W por canal, enquanto que uma potência alta pode ser por volta de 50 W por canal. Em qualquer caso, é preciso não cair no erro de achar que quanto maior a potência, significa também uma maior qualidade sonora. É claro que a potência pode influenciar na qualidade do som, mas não é o único aspecto que  se deve considerar.

Kit com 4 caixas de som em carro.

É importante que os alto-falantes escolhidos estejam de acordo com os valores mínimos suportados pela fonte de áudio. (Fonte: Pilgrimiracle: 17018224 / 123rf.com)

Impedância

A impedância mede a oposição que o circuito oferece à passagem de corrente alternada. Seu valor varia em função da frequência, por isso um alto-falante possui tanto valores quanto a frequência utilizada. Assim, o valor nominal da impedância fornecida pelos fabricantes referente a uma frequência de 1 kHz é geralmente 4, 6 ou 8 ohmion.

Na hora de escolher os alto-falantes é importante optar por valores de impedância que estejam de acordo com os valores mínimos suportados pela fonte de áudio ou amplificador com que vai ser acompanhado. Desse modo, o sinal chegará com mais força. Tenha em mente que quanto maior a impedância em ohmions menor será a potência de saída dos alto-falantes.

Faixa de frequências

A faixa de frequências indica as frequências mínimas e máximas que podem suportar os alto-falantes. Dentro disso, é preciso considerar que o ouvido humano só consegue captar ondas sonoras com frequências compreendidas entre os 18 ou 20 Hz e os 20kHz. Portanto, é interessante que escolha um equipamento cuja faixa de frequência esteja em volta dessas valores.

foco

Você deve considerar que o cabeamento é muito importante na hora de instalar seu equipamento sonoro.

Número de canais

Através de alguns filtros fabricados especialmente para esse fim, um alto-falante pode distribuir ondas sonoras de frequências graves, agudas e médias para diferentes drivers. Desse modo, os woofers são utilizados para os graves, os drivers de médio são responsáveis pelas frequências médias e os tweeter são usados para os agudos.

Hoje em dia, se pode encontrar kits de três, duas ou uma via. Um alto-falante que utiliza um driver específico para cada faixa de frequência é um equipamento de três vias. Os equipamentos de uma via, por sua vez, são constituídos por uma caixa que conta unicamente com um alto-falante, enquanto que as caixas de duas vias são geralmente compostas por um woofer e um tweeter.

Montagem e instalação

Esse fator vai depender em grande parte do modelo de veículo que possui. Se for muito antigo, é possível que seja obrigado a fazer certas modificações. Resumindo, quanto mais simples for o processo de instalação e montagem, melhor será. Por isso, é interessante para você que o equipamento venha com todo o cabeamento e outros elementos necessários para o processo de montagem.

Altofalante.

Se o que deseja é desfrutar de um sistema de alto-falantes de alto padrão, não lhe resta outra alternativa do que  trocar a fonte do seu som. (Fonte: Alefat: 96859837 / 123rf.com)

Marca

Existem muitos fabricantes de caixa de som automotivo. Entretanto, nem todos oferecem os mesmos níveis de qualidade. Por isso, é importante que na hora de sua escolha final, opte por uma marca de prestígio e confiável. Assim, além de níveis de qualidade mais adequados, você também poderá contar com um bom serviço de atendimento ao cliente.

Aproveitando o tema, algumas das marcas mais respeitadas do mercado são: Auna, Kenwood, Pioneer, JVC, Sony, DKS, QSV e JBL. A primeira é uma empresa alemã cujo objetivo é oferecer produtos de qualidade a um preço razoável. Pioneer é um dos fabricantes de eletrônicos mais respeitados e tradicionais. Para finalizar, a JBL é uma fabricante dos Estados Unidos especializada em produtos de áudio.

Resumo

A experiência de desfrutar de sua música favorita com um som de grande qualidade em viagens pela estrada é uma dessas sensações que dificilmente se esquece. Felizmente, nos tempos atuais, é possível dispor de um bom sistema de caixa de som automotivo sem necessariamente ter de investir muito dinheiro.

Entretanto, nem sempre é fácil escolher o equipamento de som adequado. Para fazer essa escolha é preciso ter em mente critérios como a potência, impedância, sensibilidade e também a instalação e montagem. Logicamente, também não deve desconsiderar a importância do fabricante. O melhor é optar por uma marca com ampla experiência na fabricação de sistema de caixa de som automotivo.

Por fim, se você gostou desse Guia que preparamos, comente conosco ou compartilhe em suas redes sociais para que seus amigos também possam entender mais sobre as caixas de som automotivo.

(Fonte da imagem destacada: Erik Bobeldijk: 12437970 / 123rf.com)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
27 Voto(s), Média: 4,50 de 5
Loading...