Ultima atualização: 20 de abril de 2020

Como escolhemos

36Produtos analisados

26Horas investidas

5Estudos avaliados

188Comentários coletados

Desde o surgimento da televisão, no século passado, até os dias atuais, essa pequena tela passou por uma série espantosa de evoluções. O aparelho que já foi considerado uma “caixa inútil” se tornou figura indispensável em todas as casas. A televisão agora é inteligente, conectada e multifuncional.

Além disso, com suas telas cada vez maiores e com mais alta definição a cada lançamento, a televisão oferece qualidade de som e vídeo que não se ousava imaginar até pouco tempo atrás. Depois de quase setenta ano depois de sua chegada ao Brasil, ela continua sendo o centro das atenções. E é também o tema do nosso artigo!

O mais importante

  • Os atuais aparelhos de televisão podem se conectar com a Internet, permitindo ao usuário desfrutar de inúmeros aplicativos de navegação além dos serviços de streaming e conteúdos on demand. Desta forma, a TV se tornou uma plataforma completa de lazer.
  • Atualmente, o tipo mais comum de display das telas de TV é o LED. Apesar disso, a tecnologia OLED e a nova aposta das telas QLED já começam a aparecer nos modelos mais sofisticados.
  • Na hora de comprar sua nova televisão, é importante não se deixar guiar unicamente pelo tamanho da tela ou pela resolução da imagem. Antes de mais nada, é fundamental levar em conta fatores como as medidas do local onde a TV será instalada, qual a finalidade do aparelho e as tecnologias contidas em cada modelo, como a HDR, por exemplo — sobre a qual falaremos em detalhes logo mais.

Os melhores aparelhos de televisão do mercado: nossas recomendações

Para escolher o modelo ideal, é preciso conhecer o que está em alta no mercado. Por isso, preparamos uma seleção com alguns dos aparelhos de televisão mais vendidos e recomendados da atualidade. Confira os detalhes de cada uma das opções que separamos para você:

A televisão interativa com conectividade total

As emoções da sua série favorita vão ficar mais vibrantes com essa televisão de 40 polegadas em LED com resolução Full HD. Uma smart TV completa, com funções de aprimoramento de imagem e som, entradas USB e conexões digitais e analógicas de áudio e vídeo.

E não para por aí: essa televisão tem conectividade via Bluetooth e WiFi para acesso a Internet, com aplicativos como Netflix e YouTube pré instalados.

A televisão de tela gigante com comando de voz

Assistir televisão com uma tela de 65 polegadas já é incrível. Se tiver a tecnologia 4K, então, eleva a experiência a outro nível! É essa sensação que você vai viver com essa Smart TV com tecnologia exclusiva da Sony.

Com ela, qualquer imagem é reproduzida com extrema fidelidade, independente da fonte do conteúdo. Além disso, você pode navegar entre as funções da televisão utilizando a tecnologia de comandos por voz.

A televisão com recursos para economizar energia

A Samsung não mediu esforços para projetar uma televisão de 40 polegadas Full HD com inúmeras opções de entradas digitais — duas HDMI e USB — e analógicas, para garantir mais opções de conectividade.

O aparelho traz a função Picture in Picture, que permite acompanhar dois canais ao mesmo tempo. Considerado um dos que mais economiza energia, com consumo máximo de 90W, conta ainda com o recurso de desligamento automático.

Guia de compras: O que você precisa saber sobre a televisão

Diante de tanta evolução tecnológica e com a grande quantidade de fabricantes e modelos de televisão, não é tarefa tão simples decidir o equipamento ideal. Afinal, nem todos oferecem as mesmas funções e fica difícil determinar o que realmente é importante. Por isso, preparamos esse guia com respostas às perguntas mais recorrentes. Acompanhe!

Family watching tv

Para a televisão Full HD, a distância ideal para assistir é o correspondente a pelo menos duas vezes a largura da tela e no máximo cinco vezes essa mesma medida. (Fonte: Rawpixel: 97155443/ 123rf.com)

Qual a vantagem de uma televisão inteligente?

Já de saída, a chamada Smart TV tem uma série de vantagens especialmente no que diz respeito à interatividade e conectividade. Para exemplificar, criamos uma lista com algumas das mais importantes características deste moderno aparelho.

  • Permite desfrutar de uma infinidade de aplicativos.
  • Pode ser conectada a Internet e reproduzir conteúdo diretamente da rede.
  • Executa aplicativos que permitem acessar conteúdos streaming e on demand, como Amazon Prime, Netflix, Globo Play, entre outros.
  • É uma plataforma completa para o lazer que permite assistir desde um vídeo no YouTube como jogar o seu game favorito seja no console ou on-line.
  • Possibilita conexão com outros dispositivos, como smartphones, computadores, tablets ou caixas de som.
  • Oferece qualidade impressionante de imagem graças a tecnologias como o HDR (do inglês (High Dynamic Range).
  • Conta com processadores integrados que melhoram a qualidade de som e imagem e a velocidade de formação dos quadros de reprodução.

Qual a resolução e o tamanho de tela ideal para uma televisão?

Antes de mais nada, é preciso ter em mente que o tamanho da tela deve ser proporcional ao ambiente em que a televisão será instalada. Isso porque todas as recomendações apontam para os cuidados tanto sobre a ergonomia quanto ao cansaço ocular ao se assistir TV em um ambiente em que não haja esse cuidado.

Como via de regra, para televisão Full HD, o aconselhável é que a distância mínima entre o televisor e o sofá seja de, pelo menos, o dobro da largura da tela. Por outro lado, a distância máxima não deve ser maior do que cinco vezes essa mesma medida. No caso da televisão 4K, essas medidas podem ser reduzidas à metade.

Tv in white living room

Nem todas as marcas utilizam o mesmo sistema operacional em suas Smart TV. Algumas apostam em interfaces próprias. Outras, preferem utilizar o Android TV. (Fonte: Keawmorakot: 113422700/ 123rf.com)

Qual o sistema operacional mais utilizado em Smart TVs?

A princípio, nem todos os fabricantes optam por utilizar o mesmo sistema operacional para executar as funções da televisão. Algumas marcas apostam em suas próprias interfaces. Outras, no entanto, preferem utilizar o Android TV em seus equipamentos.

Entre as marcas que possuem sistema operacional próprio estão a Samsung, com o Tizen e a LG, que desenvolveu o WebOS, por exemplo. Por outro lado, outros grandes nomes como Philco, Sony e TCL recorrem ao Android TV para as funções de navegação e sincronização.

O que é melhor? Tela plana ou curva?

Quando surgiram os primeiros modelos de televisão com tela curva, imaginava-se que ela poderia proporcionar uma incomparável experiência imersiva.

Nossa recomendação é que você opte por uma televisão de tela plana.

De fato, isso ocorre em grande medida. No entanto, para conseguir todas as maravilhas dessa nova proposta, é necessário um local com as condições ideais, a começar pelo tamanho da sala, que deve ser muito grande.

Além disso, quem assiste precisa estar exatamente posicionado com o centro da tela, sob luminosidade adequada. Em resumo, a experiência tem um custo que vai além do financeiro. Para usufruir de toda a qualidade de imagem, é preciso abrir mão da liberdade de “se jogar” no sofá. Diante disso, nossa recomendação é que você faça a opção por uma televisão de tela plana.

Qual o futuro dos aparelhos de televisão?

Certamente, o segmento de aparelhos de televisão é um dos mais dinâmicos da indústria tecnológica. Sendo assim, algumas novidades devem chegar ao mercado em breve. Entre elas estão os MicroLEDs, os MiniLEDs e os sistemas de tela dupla. O uso dos MicroLEDS, já apresentados pela Samsung, promete telas de TV ainda maiores.

Por outro lado, os MiniLEDs surgem como um futuro sistema de iluminação para telas LCD. Por fim, está a possibilidade de sobreposição de duas telas. Uma, com baixa resolução e em branco e preto. A outra, com tecnologia 4K e colorida. Dessa forma, o aparelho consegue formar imagens com altíssimo contraste.

Além disso, a mais nova tecnologia que deve se manter no mercado por alguns anos é a televisão 8K, com a tão esperada entrada HDMI 2.1, que começou a ser vendida no Brasil em 2019 e ainda está procurando seu espaço na casa dos brasileiros.

Critérios de compra

Certamente, você já percebeu que escolher uma televisão não se resume a comprar o modelo com a maior tela possível. Principalmente se considerarmos a quantidade de produtos no mercado, é fundamental levar em conta certos critérios que garantem uma compra bem sucedida. Para elucidar e facilitar esse processo, vamos mostrar os mais importantes deles.

Finalidade

Primeiramente, você deve pensar nesse ponto. Ainda que não seja comum, é importante, antes de tudo, saber o que a família planeja assistir em sua nova televisão. Dessa forma, ficará claro que tipo de aparelho é mais adequado.

Se ninguém consome conteúdo em ultraHD, não faz sentido adquirir uma televisão 4K ou superior, por exemplo. Por outro lado, para jogar on-line e com alto desempenho, é indicado procurar por uma TV com processador rápido de imagens e baixa latência, que evita aquele delay entre as cenas do game.

woman watching tv

Os displays OLED possuem pontos negros muito mais puros e realistas, com mais contraste e maior gama cromática de cores. (Fonte: Popov: 92388992/ 123rf.com)

Tipo de tela

Atualmente, o mercado ainda é dominado pela tecnologia de display em LCD, retroalimentado por LEDs e, em menor escala, o OLED. Além disso, a Samsung já está entrando no mercado com os displays QLED.

O display OLED possui pontos negros muito mais puros e realistas, com mais contraste e maior gama cromática de cores. Em contrapartida, costuma ser mais caro e tem o inconveniente de retenção — quando a televisão fica com uma determinada imagem “gravada” — na tela.

Por este motivo, para o uso que normalmente se faz do aparelho, a escolha mais adequada ainda parece ser o display de LED. No entanto, trata-se de uma avaliação particular, que deve ser baseada nas escolhas e expectativas da sua família.

foco

QLED é um display de nanocristal que usa nanopartículas fluorescentes embutidas numa matriz polimérica. Na prática, um laser é usado para irradiar luz branca através das nanopartículas e emitir luz no comprimento de onda correspondente às três cores primárias e, assim, formar as imagens na tela.

Resolução da imagem

Sem dúvidas, as principais opções atualmente disponíveis quanto à resolução da imagem da sua televisão são a Full HD e a 4K. Assim, escolher entre uma ou outra depende, em grande parte, do tamanho da tela e do local onde a TV será instalada. No entanto, é correto afirmar que, logo, as TVs Full HD serão totalmente substituídas pelas 4K.

Por esse motivo, cada vez mais as produtoras têm investido em conteúdos originais em 4K. Portanto, se o seu orçamento permite, vale considerar uma televisão com resolução 4K. Dessa forma, você evita que, em muito pouco tempo, já seja necessário trocar novamente o seu aparelho de TV por outro mais moderno.

 living room with cat and television

O impacto da tecnologia HDR na qualidade das imagens é muito grande. Isso vale tanto para filmes como para jogos de videogame. (Fonte: Jessmine: 73048207/ 123rf.com)

Tamanho da tela

Inevitavelmente, o tamanho da tela da televisão deve estar condicionado a dois fatores. Um deles, diz respeito ao investimento econômico. Normalmente, a televisão com tela maior é comercializada por um valor mais alto. O segundo ponte se refere às dimensões da TV, que devem ser adequadas ao espaço disponível na sua casa.

Além disso, depois de considerar esses dois pontos, lembre-se que o número de polegadas corresponde à medida diagonal da tela. Geralmente, para um mesmo modelo, o fabricante oferece mais de uma opção em tamanho de tela. Assim, se você encontrar a TV com todas as características desejadas, certamente terá a oportunidade de escolher as medidas mais viáveis para sua casa.

Ainda sobre isso, é importante também considerar a distância ideal para que possa aproveitar de toda a qualidade oferecida pela tela. Para tornar mais claro, preparamos a tabela que segue:

Tamanho da telaDistância ideal(Full HD)Distância ideal(4K)
32″1,21 a 1,98 m0,91 a 1,37 m
40″1,52 a 2,43 m1,06 a 1,67 m
46″1,67 a 2,89 m1,21 a 1,98 m
50″1,82 a 3,04 m1,21 a 2,13 m
55″1,98 a 3,50 m1,37 a 2,43 m
60″2,28 a 3,81 m1,67 a 2,59 m
65″2,43 a 4,11 m1,67 a 2,89 m
70″2,59 a 4,42 m1,82 a 3 m
75″2,7 a 4,72 m2 a 3,2 m

*Fonte: LG

HDR

O impacto da tecnologia HDR na qualidade das imagens é muito grande. Isso vale tanto para filmes como para jogos de videogame. Dito isso, nossa recomendação é que você escolha uma televisão que conte com essa tecnologia.

Entre os diversos padrões de HDR, os mais interessantes são o HDR 10 e o Dolby Vision. O primeiro, por se tratar de um padrão aberto, tem sido a aposta de grande parte dos fabricantes. Fato que, de forma alguma, depõe contra a qualidade da imagem.

Na prática, ao escolher uma televisão com HDR, você vai contar com uma tecnologia que amplia a área de detalhamento entre os tons claros e os escuros da imagem. Assim, quanto mais evoluído seja o HDR, maior será essa amplitude. Na dúvida, opte por um modelo com HDR+10.

Processador

Certamente, a qualidade da imagem não depende apenas do tipo de tela. Nesse contexto, o processador da televisão tem um papel fundamental. Por isso, convém avaliar qual é o tipo utilizado na televisão escolhida.

Basicamente, quanto mais potente for o processador, mais será potencializada a qualidade das imagens e a você não terá aqueles inconvenientes atrasos na captação do sinal e processamento das imagens que serão exibidas.

Um bom exemplo são as Smart TVs da Samsung. A marca tem apostado em potentes processadores Quantum para garantir o melhor processamento e a qualidade das imagens.

 woman watching tv on sofa

As Smart TVs permitem utilizar os mais diversos aplicativos direto na tela da televisão. (Fonte: Popov: 94027335/ 123rf.com)

Conectividade

Finalmente, este critério é um dos que mais podem causar frustração se não for bem avaliado antes da compra. Dessa forma, é importante levar em conta tanto as opções de conexão com a Internet como também a conectividade da televisão com outros dispositivos.

No primeiro caso, certifique-se sobre a possibilidade de conexão WiFi, além do cabo de rede Ethernet. Certamente, o cabo garante navegação mais rápida e estável. Por outro lado, o acesso sem fio é muito mais cômodo no dia a dia.

Além disso, se você pretende conectar outros equipamentos à sua televisão, é fundamental que ela conte com entras HDMI e USB. Assim como a conexão por Bluetooth também é muito bem vinda para parear seus dispositivos e reproduzir conteúdos diretamente na televisão.

Resumo

Comprar uma televisão é uma decisão importante, que envolve um investimento financeiro razoável e, portanto, não pode ser feito de forma precipitada ou por impulso. Mais importante: você provavelmente não troca sua TV todos os anos… Por isso, a escolha precisa levar em conta todos os recursos do equipamento e as suas expectativas com relação a ele.

Neste contexto, procuramos fornecer as informações essenciais para que você não deixe nenhum aspecto importante passar em branco no momento da decisão. Agora que você já avaliou conosco cada um desses pontos, pode clicar em finalizar no seu carrinho de compras com a tranquilidade da melhor escolha.

Por fim, se esse guia foi útil na sua jornada em busca da televisão ideal, compartilhe nosso conteúdo com seus amigos e deixe-nos um comentário sobre a sua escolha. Ficaremos contentes com o seu depoimento. Muito obrigado e até logo!

(Fonte da imagem destacada: Jessmine: 66133402/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Giovani Stack Fotógrafo e Videomaker
Giovani une seu gosto pela fotografia e pelos vídeos com seu interesse pelas nuances do universo tecnológico. Assim, analisa cada detalhe e compartilha com a internet todas as suas descobertas sobre os aspectos técnicos das máquinas, monitores, caixas de som e muitos outros acessórios que fazem seus vídeos e fotos encantarem seus clientes.
Vera Pereira Redatora/Editora
Jornalista, especialista em produção de conteúdo digital, tem na escrita a sua maior paixão. Adora investigar, apurar fatos e reconstruir histórias. Por isso, atua na pesquisa e adaptação dos conteúdos internacionais à realidade e legislação brasileiras.